Error

Setor de chocolates estima contratar 11,6 mil temporários para Páscoa

Segundo entidade que representa setor, expectativa com as vendas é boa

 

O setor de chocolates está otimista com as vendas para a Páscoa deste ano, a segunda data em período de pandemia. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab), a contratação de trabalhadores temporários começou em agosto do ano passado, e deve superar 11,6 mil empregos diretos e indiretos, tanto na produção de chocolates como nos pontos de venda. Esse número representa quase 5% a mais em relação ao ano passado.

O presidente da Abicab, Ubiracy Fonseca, relata que a indústria de chocolates foi muito afetada na páscoa de 2020, a partir do anúncio da pandemia do novo coronavírus, no mês de março.

Ele disse que os pontos de venda já estavam abastecidos com os produtos, mas o mercado foi afetado pelas medidas de lockdown e de isolamento social.

Para este ano, Fonseca aposta no aumento da venda de ovos de chocolate, tanto pelo aperfeiçoamento do comércio on-line quanto pelo otimismo dos consumidores com a chegada das vacinas.

Ainda segundo a Abicab, as empresas seguem acompanhando a situação da pandemia em cada região do Brasil, para ajustarem o planejamento do comércio e das entregas.

Por Leandro Martins – Brasília

Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *