Error

Troca de tiros em bar resulta em duas mortes em Iúna

Um policial civil foi alvejado e conseguiu devolver os disparos em um produtor de café que cumpria prisão domiciliar.

Dois homens morreram após uma troca de tiros em um bar na noite dessa quinta-feira (11) em Iúna. O investigador da Polícia Civil Jane Antônio Rosa de Azevedo, 64 anos, morreu no local, enquanto o produtor de café Eduardo Osório faleceu enquanto estava sendo transferido para o hospital em Cachoeiro de Itapemirim.

 

De acordo com informações obtidas pela polícia no local, os dois estavam no bar localizado na Rua José Antônio Lofêgo, no centro da cidade, quando Eduardo começou a afrontar o policial civil. Jane tentou evitar confrontos e sair do bar, mas Eduardo passou a cercá-lo, e quando o policial abriu a porta do carro para ir embora, Eduardo a fechou. 

O investigador teria tentado retornar ao bar, quando Eduardo o empurrou, sacou a arma calibre .38 e disparou. O policial revidou, acertando sete disparos em Eduardo, mas já tinha recebido pelo menos três tiros, sendo um deles nas costas, e faleceu no local. 

Eduardo (foto acima) foi socorrido para a Santa Casa de Iúna e transferido para o hospital de Cachoeiro de Itapemirim, mas faleceu durante o trajeto, próximo a Celina. Ele já havia sido condenado por extorsão e outros crimes e cumpria regime de prisão domiciliar.

Fonte: A Notícia Portal da Região do Caparaó

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *