Error

Cidades antecipam feriados para tentar conter pandemia

Por Raquel Júnia – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

 

Diante da falta de leitos e insumos para pacientes com covid-19 em todo o país, várias cidades estão decidindo antecipar feriados. As medidas visam frear a contaminação pela doença e reduzir o ritmo de internações.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro anunciou, no final de semana, que pretende criar um super feriadão, entre os dias 26 de março e 4 de abril, para reduzir a circulação da população. A medida valeria para todo o estado e foi discutida pelo governador em exercício Cláudio Castro em reuniões com setores do empresariado e prefeitos. A definição deve ser publicada em decreto, nos próximos dias, junto a novas restrições.

Em Mato Grosso do Sul, a capital, Campo Grande, já definiu a antecipação de feriados municipais deste e do próximo ano. Com isso, apenas serviços essenciais estarão funcionando desta segunda-feira até domingo, dia 28. A medida foi tomada pela sobrecarga no sistema de saúde.

São Paulo, a maior capital do país já havia anunciado na semana passada a adoção da mesma estratégia para frear a contaminação. A cidade não terá dias úteis de 26 de março até o domingo de páscoa. A decisão está sendo estudada também por outros municípios da região metropolitana. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, destacou que a medida será repetida porque deu certo no ano passado.

Outra capital que estuda adotar a antecipação de feriados é Salvador. O prefeito da cidade, Bruno Reis, afirmou nesta segunda-feira que avalia a medida e que está em discussão com outros municípios da região metropolitana. Se aprovado, o feriado prolongado deverá valer já na semana que vem.

No Piauí, o governo decidiu antecipar um feriado estadual para a próxima sexta-feira, dia 26, e com isso aumentar o isolamento dentro das medidas restritivas já impostas no estado, com validade até o dia 29.

Edição: Edgard Matsuki – Editor da Radioagência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *