Error

Fila de espera por leito de UTI bate novo recorde no Rio

O total de leitos entre UTI e enfermaria alcançou ontem 858 pacientes

 

O estado do Rio de Janeiro registrou, pelo segundo dia seguido, recordes na fila de espera por um leito de UTI. Conforme os dados atuais da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES), ontem (24) eram 582 pessoas aguardando uma vaga de terapia intensiva em todo o estado. Na véspera eram 528 pessoas. Há dez dias, em 15 de março, a fila de espera por um leito de UTI tinha 171 pessoas.

Antes dos números elevados desta quarta e terça-feira, foi registrado pico de aumento de casos em 9 de maio do ano passado durante a primeira onda da covid-19. Naquele dia, eram 510 pacientes aguardando uma vaga. Já nos leitos de enfermaria, ontem 276 pessoas esperavam na fila, enquanto no dia anterior eram 217. Para estes leitos, o pico foi em 7 de maio com 819 pessoas, também durante a primeira onda da covid-19. O total de leitos entre UTI e enfermaria alcançou ontem 858. Na véspera eram 745 leitos.

O Painel Coronavírus Covid-19 divulgado na página da SES indica que no número de casos registrados nos sistemas de informação nas últimas 24h, mas que não significa que tenham ocorrido neste período, havia 2892 casos confirmados da doença, 42 óbitos, 1155 recuperados. A taxa de ocupação dos leitos de UTI atingiu 88,7% e nos de enfermaria 77,3%. A mediana do tempo de espera nas últimas 24h das solicitações até a reserva de UTI era de 18h e de enfermarias de 9h.

Também em relação aos dados de ontem, nove municípios (Bom Jesus de Itabapoana, Itaperuna, Maricá, Miguel Pereira, Nova Friburgo, Paraíba do Sul, Seropédica, Sumidouro e Três Rios) estão com 100% de ocupação de leitos de UTI. Duas cidades ultrapassaram esse percentual: Rio das Ostras (109%) e São João de Meriti (137%).

Vacinação

Os dados da SES indicam também que às 9h de hoje havia 932.924 pessoas imunizadas com a primeira dose e 307.449 com a segunda dose da vacina.

Edição: Valéria Aguiar

Por Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *