Error

Queiroga quer inclusão de vacinas em planos de saúde

Ministro diz que a inclusão na cobertura geraria economia

 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, cobrou hoje uma maior participação no enfrentamento à pandemia do setor de Saúde Suplementar, que envolve planos e seguros de assistência médica privados. Queiroga quer a inclusão de vacinas contra a Covid-19 no rol de coberturas dos planos de saúde.

Para isso, o ministro explicou que o primeiro passo é a ANS, Agência Nacional de Saúde Suplementar, aprovar a sugestão.

Marcelo Queiroga argumenta que a inclusão dos imunizantes na cobertura dos planos de saúde geraria economia e consequentemente diminuiria os custos do SUS. Isso porque as operadoras teriam de ressarcir o Sistema Único de Saúde pelas doses aplicadas nos seus beneficiários.

Hoje, pela manhã, houve uma reunião do Conselho de Saúde Suplementar no Palácio do Planalto com a participação de ministros e representantes da ANS, que é a responsável por regular os planos e seguros de assistência médica privados.

Segundo o ministro da Queiroga, a Saúde Suplementar no Brasil atende a 25% da população brasileira. Em nota, ANS informou que a proposta será analisada  junto à Coordenação Nacional do Plano Nacional de Imunizações.

Segundo a Agência, como não há vacinas na cobertura obrigatória, o processo de incorporação representaria uma medida a exigir ampla participação de todos os envolvidos, bem como a simulação dos possíveis impactos na saúde pública.

Edição: Bianca Paiva e Luiz Claudio Ferreira

Por Kariane Costa, da Rádio Nacional – Brasília

Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *