Error

DF: manifestações contra e a favor do governo federal foram pacíficas

O 7 de setembro foi marcado por muito calor e protestos em Brasília

 

O 7 de setembro foi marcado por muito calor e protestos de milhares de pessoas na capital federal. Na Esplanada dos Ministérios, ficaram os manifestantes favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro, quase todos vestindo verde e amarelo e carregando bandeiras do Brasil.

Muitos chegaram ao local ainda de madrugada em ônibus e caminhões. Centenas de barracas foram instaladas na área.

Na Torre de TV, desde às oito da manhã, ficaram concentrados os manifestantes do tradicional Grito dos Excluídos. Participaram do ato grupos de oposição ao governo, movimentos sociais e indígenas.

A Iara, aqui do Distrito Federal, costuma participar de eventos no 7de setembro na Esplanada dos Ministérios e acredita que o deste ano foi o maior.

Já Francisco, representante da Frente Nacional de Libertação no Grito dos Excluídos, foi reivindicar mais moradias populares.

As duas manifestações foram pacíficas e terminaram perto de 11h30. Mas algumas pessoas permaneceram na Esplanada ao longo da tarde.

Policiais militares estavam por toda a parte, desde os acessos aos ministérios, até mesmo circulando entre as pessoas. Apesar da advertência para que não houvesse porte de armas ou objetos perigosos, a revista foi feita apenas em pontos estratégicos.

Em nota, a Secretaria de Segurança do Distrito Federal informou que os agentes atuaram de forma integrada e seguindo protocolo elaborado previamente. Segundo a corporação, duas pessoas foram autuadas em flagrante por policiais militares, na Esplanada, por porte de drogas.

No início da manhã, um grupo que estava na frente do Supremo Tribunal Federal foi dispersado.

Edição: Paula de Castro / GT Passos

 Por Leandro Martins – Repórter da Rádio Nacional – Brasília

Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *