Error

Polícia investiga envolvimento de quadrilha que clona placas de carros na morte de médico

Um dos suspeitos de matar o cirurgião plástico Cláudio Marsili foi preso

Crime chocou pacientes do consultório onde o médico trabalhava em Cabo Frio. – Crédito: Reprodução

A Polícia Civil investiga o possível envolvimento de uma quadrilha especializada em clonagem de placas de veículos na morte do cirurgião plástico Cláudio Marsili, de 64 anos, baleado na cabeça quando chegava para trabalhar na clínica de que era sócio, na Barra da Tijuca, na manhã desta terça-feira (19). A informação foi veiculada no telejornal RJ2, da TV Globo.

O carro roubado do médico, uma picape Toyota Hilux, foi localizado horas depois do crime na Rua Martins Pena, no bairro da Tijuca, Zona Norte do Rio. Já o veículo usado pelos criminosos – um Renault Sandero – foi localizado a poucos quilômetros dali, no Morro do Turano.

Dentro do veículo, de placa clonada segundo a Polícia, foi encontrado um dos suspeitos de participar do crime, Thiago Barbosa dos Santos, de 38 anos, que tem 13 anotações criminais e estava com uma mochila com pertences do médico.

Os investigadores agora tentam localizar outros dois criminosos que tiveram envolvimento na morte de Cláudio Marsili, segundo testemunhas.

Apesar de ser morador do Rio, o crime chocou seus pacientes em Cabo Frio, onde trabalhava em uma clínica. Na página da Folha no Facebook, há diversos comentários de pesar pelo crime.

Fonte: Folha dos Lagos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *