Error

Suspeito de matar garota no Otílio Roncete é preso e diz que se confundiu

A polícia prendeu neste domingo (31) o homem acusado de matar com um tiro no pescoço uma jovem de 18 anos, quando ela chegava com o namorado no residencial Otílio Roncete, bairro Gilson Carone, em Cachoeiro de Itapemirim.

Ele alegou para a polícia que se confundiu. “Ele acreditou se tratar de pessoas que haviam feito ameaças contra ele horas antes”, ressaltou o delegado Augusto Lago, plantonista da 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro.

Rayssa Peixoto Rizon Silva e o namorado, de 21, estavam de carro, deixando um amigo de 33 no residencial, por volta de 3h30 deste domingo. “O suspeito estava sozinho em uma praça e viu o carro se aproximando. Ele efetuou um disparo, que atravessou o para-brisa e atingiu a vítima no pescoço”, explicou o delegado.

Rayssa foi socorrida por uma ambulância do Samu, mas acabou morrendo. Após efetuar o disparo o suspeito fugiu do local. De acordo Augusto, com assim que tomou conhecimento do fato, a equipe do plantão iniciou diligências para elucidar o crime e, após levantamentos, identificou seu paradeiro.

O homem foi localizado no bairro Nossa Senhora Aparecida, na casa de um amigo, e conduzido à delegacia, onde foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio doloso, sendo encaminhado, em seguida, para o sistema prisional.

O procedimento será encaminhado para a Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim, que vai dar continuidade à investigação.

Fonte: Dia a Dia ES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *