Error
GeralPolítica-Economia

Mutirão promove cidadania para moradores em situação de rua

Secretaria de Educação participou da segunda edição do PopRuaJud, que levou mais de 50 serviços para a Catedral Metropolitana do Rio

 

A Secretaria de Educação levou um mutirão de serviços para a população em situação de rua na Catedral Metropolitana do Rio.  A ação, em parceria com o Programa Justiça Itinerante do Tribunal de Justiça e do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, levou soluções para quem mais precisa.

Entre as centenas de pessoas atendidas na Catedral, uma delas foi Renato Figueiredo, que se surpreendeu ao ser informado que havia concluído o Ensino Médio. Aos 34 anos, ele se emocionou bastante ao receber a certificação de conclusão do Ensino Médio, o que lhe dá mais esperanças para um futuro longe das ruas.

– Sei que o estudo é muito importante. Esse diploma representa muito para mim, estou muito feliz. Sei que minha situação hoje é bem difícil, mas vou dar a volta por cima. Agora quero arrumar um emprego. Só posso agradecer por essa ajuda – disse Renato.

Além dos atendimentos prestados pela Secretaria de Educação, através do programa Seeduc + Perto, foram realizados serviços como emissão e localização de certidões de nascimento, casamento e óbito; registros de nascimento tardios; emissão de carteira de identidade, certificado de reservista e título de eleitor; emissão e regularização de CPF; inscrição no CadUnico; formalização de pedidos de benefícios previdenciários e sociais, entre outros.

– Temos aqui a reunião de grandes instituições, públicas e privadas, com o ímpeto de promover a cidadania, os direitos, daquela população que hoje se encontra em estado de vulnerabilidade social, que é a população em situação de rua. Temos muito carinho para que eles possam se reconhecer como cidadãos representantes da sociedade fluminense – afirmou a secretária Roberta Barreto, que representou o governador Cláudio Castro no evento.

O PopRuaJud segue a Política Nacional de Atenção às Pessoas em Situação de Rua, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), buscando assegurar, de forma simplificada, o amplo acesso à justiça, contribuindo para a promoção da cidadania e superação das barreiras econômicas enfrentadas por essas pessoas.

– O evento é um mutirão em prol da população, com o objetivo de resgatar a cidadania destas pessoas. – comentou Ricardo Rodrigues Cardozo, presidente do TJ.

Quem foi à Catedral também recebeu atendimento médico, fez exames e recebeu encaminhamento para vacinação e atendimento odontológico; tomar banho; cortar cabelo e fazer barba. Também houve doação de roupas; atividades recreativas e musicais; oferta de café da manhã e almoço e atendimento veterinário para cães e gatos, com serviços de banho e tosa, e aplicação de vermífugos e vacina nos pets.

– É importante que este evento se torne calendário oficial do Rio de Janeiro, e conto com vocês, do Poder Judiciário, nos enviando essa solicitação, para que possamos promover, junto ao Poder Legislativo do Estado, a oficialização desta semana, que sempre demanda grandes mudanças na vida da população em situação de rua – concluiu a secretária.

Fotos: Ellan Lustosa – Seeduc-RJ

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO

www.seeduc.rj.gov.br

facebook.com/seeducRJ

@seeducrj – instagram.com/seeducrj